Homem dado como morto é encontrado vivo em necrotério na Índia

Ao reconhecer o corpo, cunhada de indiano percebeu que ele respirava. Ele tinha sofrido um atropelamento e está em coma, em estado grave

Ao reconhecer o corpo, cunhada de indiano percebeu que ele respirava. Ele tinha sofrido um atropelamento e está em coma, em estado grave

Homem ficou seis horas em câmara fria no necrotério até cunhada perceber que estava vivo Foto: NIKOLAY DOYCHINOV/ AFP
Srikesh Kumar, de 45 anos, foi atropelado por uma motocicleta em Moradabad (leste de Nova Delhi) e foi encaminhado para uma clínica particular. O médico da emergência não encontrou nenhum sinal de vida e transferiu o homem para um hospital público, onde seria realizada a autópsia.
Seis horas depois, a família chegou para reconhecer o corpo e foi detectado que ele estava respirando. – Isso é nada menos que um verdadeiro milagre – comentou o diretor do hospital Rajendra Kumar. Uma investigação está em andamento para determinar o motivo do erro de diagnóstico. Kumar ainda está em coma e seu estado de saúde é crítico.

Milagre ou negligência

De acordo com o hospital, o caso está sendo tratado como um dos “mais raros” do local e o superintendente médico-chefe de Moradabad, Dr. Shiv Singh, disse que “não podemos chamá-lo de negligência”. Entretanto, quem percebeu que o homem estava respirando e se movimentava foi a cunhada de Kumar, Madhu Bala. De acordo com o jornal The Times of India, ela alegou que ele quase foi morto ao ser colocado em um freezer. Ela também declarou que ele ainda não recuperou a consciência, e que sua família apresentará uma queixa contra os médicos por negligência.

 

Próxima Notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Add New Playlist