ícone do tempo
Campo Grande °C

Coronel David volta a exigir ação rápida e eficiente do governo federal contra queimadas no Pantanal

Foto: Pedro Ernesto

Em um pronunciamento contundente na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), o deputado estadual Coronel David (PL) abordou a grave situação das queimadas no Pantanal, traçando um paralelo com os episódios de incêndios na Amazônia durante o governo Bolsonaro e criticando a resposta do atual governo federal que, neste ano, aprovou cortes na verba para fiscalização ambiental, prevenção e combate a incêndios.

Coronel David iniciou sua fala nesta terça-feira (25), questionando a narrativa que se estabeleceu durante o governo anterior, onde o então presidente Jair Bolsonaro foi comparado a Nero, acusado de ser um incendiário pelas queimadas que devastaram na época a Amazônia. O deputado classificou essas acusações como “fake news produzida pela esquerda”, destacando a diferença de abordagem e tratamento dado às queimadas nos diferentes governos.

“O que vemos hoje é um discurso esquerdista que justifica as queimadas atuais pelas condições climáticas e o efeito estufa. Isso é, na verdade, uma resposta da natureza pela nossa incapacidade de cuidar do meio ambiente,” afirmou o deputado. Ele enfatizou que a natureza está respondendo à falta de cuidado com o planeta.

Coronel David também criticou a reação tardia do governo Lula ao problema das queimadas no Pantanal. Ele mencionou que a visita da comitiva do governo federal em Corumbá, na próxima sexta-feira (28), liderada pelas ministras Marina Silva, do Meio Ambiente, e Simone Tebet, do Planejamento, é uma medida tardia e pediu que a Assembleia Legislativa enviasse a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, a qual Coronel David integra como suplente, para recepcionar e discutir soluções de forma mais eficaz.

“Não podemos permitir que o Pantanal continue a queimar como se nada estivesse acontecendo no Brasil,” declarou o deputado. Ele classificou a situação como uma tragédia e fez um apelo para que os discursos sejam deixados de lado em prol de ações práticas e imediatas.

Coronel David finalizou pedindo ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gerson Claro (PP), que coloque a Casa de Leis ativa no centro das discussões, através da Comissão de Meio Ambiente, a fim de buscar soluções e exigir do governo federal um combate imediato às queimadas no Pantanal. “Esse incêndio não pode continuar,” concluiu ele, destacando a urgência e a necessidade de ações concretas para preservar o bioma pantaneiro, uma das regiões mais ricas em biodiversidade do Brasil.

Thiago Gonçalves
Assessoria de Comunicação

Compartilhe
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Sites Profissionais
    Informe seus dados de login para acessar sua conta