ícone do tempo
Campo Grande 32.75 °C

Obra de indústria de etanol de cereais gera 600 empregos em Sidrolândia

Fotos: Mairinco de Pauda

Rosana Siqueira

Com 600 homens trabalhando, as obras da fábrica de etanol de cereais da Inpasa em Sidrolândia estão a pleno vapor. Ontem (28), o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência Tecnologia e Inovação (Semadesc), Jaime Verruck, esteve juntamente o secretário executivo de Qualificação Profissional e Emprego, Bruno Bastos, conhecendo o empreendimento.

A obra teve início em setembro. No momento estão sendo erguidos os armazéns que terão capacidade mais de 1 milhão de toneladas de grãos e tanques de fermentação. Além do milho, a indústria também deverá trabalhar com a transformação do sorgo em biocombustível, verticalizando ainda mais o mercado das commodities. Assim como nas demais plantas do grupo, a unidade iniciou as obras com perspectiva de ampliação. Para a construção, a Inpasa contou com a política de incentivo do Governo do Estado.

Segundo o secretário Jaime Verruck, a expectativa é de que até meados de janeiro seja liberada pelo Imasul a licença de instalação da indústria. Com isso, a meta é que a planta de etanol comece a operar ainda até o final de 2024.

O investimento total na segunda planta de etanol de milho da Inpasa em Mato Grosso do Sul será de R$ 1,2 bilhão. Em março, no pico da obra, devem ser gerados 2 mil empregos no município.

A Inpasa já opera uma planta em Dourados que tem capacidade para produzir quase um bilhão de litros de etanol por ano, 460 mil toneladas/ano de DDGS e 57 mil toneladas/dia de óleo de milho.

Compartilhe
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Sites Profissionais
    Informe seus dados de login para acessar sua conta