ícone do tempo
Campo Grande 32.75 °C

Obras em rodovias encurtam caminho entre Ribas e Camapuã e levam desenvolvimento à região

Fotos: Álvaro Rezende

Leonardo Rocha

Novo polo nacional de celulose, Ribas do Rio Pardo recebe obras em rodovias estaduais que vão integrar a região, reduzir o caminho entre as cidades vizinhas, como Camapuã e ainda promover desenvolvimento. Esses investimentos que chegam a quase R$ 300 milhões do Governo do Estado, buscam qualificar a infraestrutura, melhorar o escoamento e dar segurança ao tráfego local.

Saindo do perímetro urbano de Ribas rumo a Camapuã, o Governo do Estado está promovendo a pavimentação de 12,18 km da MS-357, no valor de R$ 32,5 milhões. A obra segue em pleno vapor, com 32,79% dos trabalhos concluídos. Neste momento as atividades no local são de terraplanagem e base.

Obra na rodovia MS-357 segue de Ribas do Rio Pardo

Faltam apenas 4,6 km para concluir esta tarefa (terraplanagem e base), para depois iniciar a capa de asfalto. No caminho também está sendo construída uma ponte sobre o Rio Pardo. Quando foi anunciada a obra foi muito comemorada pelos ruralistas que moram neste trecho e sofrem com muita poeira e lama na época de chuva. Já sofreram muitos transtornos e prejuízos com a situação da estrada.

Outro ganho será para as pessoas que desejam seguir a Camapuã e podem iniciar por este caminho o novo percurso à cidade vizinha. A valorização das propriedades faz parte do combo de benefícios, que ainda tem uma nova rota de transporte de grãos, madeira e até pecuária de corte. Esta obra termina no entroncamento com a MS-338.

“Essas rodovias são de extrema importância para o escoamento da produção da região. Investindo nessas ligações rodoviárias, o governo atende o setor das florestas e também da agropecuária, que geram emprego e renda para a população”, destaca o secretário Helio Peluffo, da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística).

Integração regional

Descendo de Camapuã rumo a Ribas do Rio Pardo, começa a obra na MS-338, que prevê a pavimentação de 111,5 km, em dois lotes, que somados chegam a mais de R$ 250 milhões de investimento. Integração regional, que encurta caminhos e leva segurança ao trafego.

O primeiro lote sai do entroncamento da BR-060, em Camapuã, e desce pela MS-338 por uma extensão de 45,30 km. Neste trecho 88% dos trabalhos já foram concluídos, chegando na fase final das atividades. Maior parte do caminho já está com a pavimentação pronta e faltam poucos detalhes para sua finalização.

O segundo (lote) são mais 66,26 km do entroncamento com a MS-245 até a MS-357, onde vai se encontrar com a outra obra do Governo citada acima. Neste trecho são mais 66,26 km de pavimentação. Uma parte do percurso já está asfaltado e neste momento estão sendo feitas obras de terraplanagem.

Obra na MS-338

Fábio Martins de Oliveira tem um estabelecimento comercial na MS-338, no meio do percurso do “lote 2”, próximo a cidade de Ribas do Rio Pardo. Ele conta que o movimento cresceu muito desde o início da obra e que a expectativa é de melhorar ainda mais quando os trabalhos forem concluídos.

Fábio Martins comemora aumento de movimento no seu comércio

“Estou há dois anos em Ribas e começamos com o bar no ano passado. Aumentou muito nosso movimento com a obra e vai melhorar cada vez mais. São clientes de manhã, tarde e até a noite. Quando o asfalto tiver pronto vai descer gente da região norte, São Paulo e Três Lagoas. Estamos confiantes”.

Ele lembra que já viu muitos carros “sofrerem” no caminho, devido o terreno arenoso da região. “Com a obra pronta vai acabar estes problemas, vai ficar muito bom seguir por este caminho”.

Trecho pavimentado no segundo lote da MS-338

O governador Eduardo Riedel tem como foco promover a integração regional, com obras de infraestrutura e logística que possam impulsionar a economia local, dar segurança viária e ajudar no escoamento da produção. Assim promover uma gestão próspera e inclusiva, pensando no bem-estar das pessoas.

“O Estado só vai crescer, se os municípios crescerem juntos. Nossas obras de infraestrutura nas rodovias estaduais vão continuar, para qualificar a logística, contribuir com o desenvolvimento regional e dar mais segurança para quem trafega no local. Esta é uma das nossas prioridades”, afirmou o governador.

Rodovias vão contribuir com novo polo de celulose
Compartilhe
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Sites Profissionais
    Informe seus dados de login para acessar sua conta